sexta-feira, 27 de abril de 2012



E até então tudo parecia tão natural, tão simples, tão lindo. Ai vem a vida e dá uma rasteira, da reviravolta. Fico mim perguntando qual é a base que consolida uma relação, sempre colocava em primeiro lugar a confiança, mais percebo que ela não é a principal. Sou prova viva e vejo o que acontece de uma relação sem a convivência, às vezes tão esquecida por alguns. 


E na porta os olhos se fecham e seguram as lágrimas de mais um dia, em que a espera termina sem a chegada…


Tem horas que não se aguenta mais, chega um tempo em que é a espera é deixada de lado, e com isso vai embora tudo que no presente era tão presente, era Infinito…


Dedicado à E.O.




0

0 comentários:

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t